Copel vai construir novo complexo eólico no RN

A Copel vai construir novas usinas de geração eólica no Rio Grande do Norte. A estatal paranaense foi uma das vencedoras do leilão promovido nesta sexta-feira (18) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para contratação de energia proveniente de fontes renováveis. A empresa conseguiu vender a futura produção do Complexo Eólico Jandaíra pelo preço de R$ 98,00 o MWh. Os contratos terão 20 anos de duração e o início do fornecimento está previsto para 2025.

O projeto desse novo Complexo Eólico, que terá potência instalada de 90 megawatts, deve começar a sair do papel em 2020. As obras para instalação dos quatro parques eólicos que compõem o complexo no município de Jandaíra vão absorver cerca de R$ 400 milhões em investimentos.

O presidente da Copel, Daniel Pimentel Slaviero, destaca que o empreendimento fica muito próximo a outros parques que a empresa já opera no RN. “Entramos no leilão com uma proposta que considera o ganho de escala que teremos com a operação conjunta desse novo empreendimento em paralelo com os demais que a Companhia tem naquele Estado”, afirma.

A Copel é a sexta maior geradora de energia eólica do Brasil e a segunda maior no Rio Grande do Norte, com cinco complexos já em operação que somam 643,4 MW de potência instalada, o suficiente para atender 2 milhões de pessoas.

O Rio Grande do Norte tem excelente qualidade técnica para geração eólica, essencial para que o empreendimento possa ser realizado: os ventos têm força, constância e boa direção.

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Mais Textos Smart Energy:

No Blog Smart Energy você encontra notícias sobre o setor de energias e também artigos científicos desenvolvidos por especialistas na área