Sanepar inaugura usina fotovoltaica flutuante

Nesta quarta-feira (04) a Sanepar inaugurou a usina fotovoltaica (energia solar) flutuante na captação do Sistema Passaúna a nova estação elevatória de água tratada. A cerimônia contou com a presença do vice-governador Darci Piana e do vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel.

Construída com recursos próprios (R$ 1,7 milhão), a usina fotovoltaica flutuante utiliza 396 módulos solares instalados em área de 1.200 m² para produção de energia elétrica na captação de água do Passaúna. É a primeira usina flutuante implantada no Brasil por uma companhia de saneamento.

O gerente de pesquisa e inovação da Sanepar, Gustavo Possetti, explicou que trata-se de projeto de pesquisa em que a geração de energia é baixa em relação ao consumo da unidade, mas atende ao objetivo de avaliar os seguintes itens: potencial de geração de energia elétrica a partir da energia solar; o processo de ancoragem de uma base flutuante; a mitigação da formação de algas; as taxas de evapotranspiração que irão contribuir para diminuir a temperatura da superfície e, consequentemente, dos semicondutores das placas; o potencial de replicabilidade do modelo em outros sistemas.

A nova Estação Elevatória de Água Tratada Passaúna – Campo Comprido, com capacidade de transferência de 1.220 litros/segundo, beneficiará cerca de 352 mil habitantes. Os investimentos são de R$ 10 milhões.

Mais Textos Smart Energy:

No Blog Smart Energy você encontra notícias sobre o setor de energias e também artigos científicos desenvolvidos por especialistas na área